Granito alterações na composição da rocha bem

Granito Arroio do Moinho (gAM) O granito Arroiodo Moinho localiza-se ao entorno da cidade de Canguçu e possuí corpo de formatoelipsoide delimitado por zonas de cisalhamento dúcteis de direção N45-70Eabrangendo uma área de aproximadamente 260 km².

(Gomes, 1990; Phillip, 1998)Phillip (1998)destaca que os afloramentos ocorrem em formas proeminentes na porção noroestedo corpo e gradando para relevos mais homogêneos na porção leste. Comumenteencontra-se alterado e sua coloração original cinza torna-se em tons rosados eamarelados (Phillip, 1998).Ele foi descritocomo sendo um Monzongranito com Sienogranitos associados (Gomes, 1990),apresenta textura predominantemente porfiritica com a presença de megacristaisde feldspato potássico (3 cm), que representa entre 30 e 45% do volume modal darocha, imersos em uma matriz equigranular grossa (5-8mm) que é compostapredominantemente por quartzo, feldspato potássico, plagioclásio e biotita(Phillip, 1998)A característicaestrutural mais importante é a foliação planar e linear amplamente distribuídano corpo sendo mais evidente nas proximidades das zonas de cisalhamento. Afoliação possuí disposição anastomosada e transiciona lateralmente nas zonas deborda até o surgimento das zonas de cisalhamento onde se formam os milonitosfinos bandados (Phillip, 1998)Sua mineralogiaé composta por microclíneo, oligoclásio, quartzo; biotita e hornblendacaracterizam os minerais máficos presentes.

We Will Write a Custom Essay Specifically
For You For Only $13.90/page!


order now

Os principais acessórios são ozircão, apatita, alanita, esfeno e outros opacos (Phillip, 1998). A presença daszonas de cisalhamento causa alterações na composição da rocha bem como suaestrutura. Essas alterações são evidenciadas pelo aparecimento de novosminerais como albita, epidoto, mica branca e clorita (Phillip, 1998). A zona decisalhamento produz rochas miloniticas e protomiloniticas com ocorrênciaslocalizadas de ultramilonitos, nessas rochas a redução do tamanho dos grãos eestiramento dos minerais marcam uma sequência progressiva de transformação.

(Phillip, 1998)O Granito Arroiodo Moinho é de caráter sincinemático tendo seu posicionamento durante oestabelecimento das zonas de cisalhamento da fase D2 (Gomes, 1990).   Diques Riolíticos Serra das AsperezasOs diquesriolíticos Asperezas afloram próximo ao limite oeste da área mapeada e forammapeados primeiramente por Figueiredo Filho & Salgado (1964, in Phillip,1998). Os diques se estendem por vários quilômetros e possuem espessuravariável entre 5 e 150 metros (Phillip, 1998), e são de composição ácidapredominantemente riolítica. Seus corpos apresentam relações discordantes e comcontatos retos e definidos com os granitos em seu entorno, possuem coloraçãorosada e textura porfiritica caracterizada pela presença de fenocristais dequartzo e sanidina.

A matriz afanítica de composição quartzo-feldspática comrara presença de biotita. (Phillip, 1998). Também ocorrem restritamenteriolitos de cor castanho escuro de matriz vítrea e fenocristais vermelhos defeldspato potássico.Phillip, 1998,nota a rara presença de xenólitos graníticos e xenocristais, tendo essesnítidas características de alteração devido a reação com o líquido magmático,podendo apresentar estruturas pertíticas, alteração dos minerais para sericitamuito fina e dissolução de xenocristais de quartzo. Septos do EmbasamentoAnfibolitos da BR-392Os anfibolitosda BR-392 foram definidos por Phillip, 1998. São um grupo de xenólitos  de formas subangulosas com tamanhos entre 15a 40 cm mas podendo atingir tamanhos entre 3 a 5 metros localizadamente.

(Phillip, 1998)Sua coloraçãoverde escura passa a tonalidades cinzas a castanhas quando alterado. Épredominantemente maciço mas possuí estrutura foliada, e indicam discordânciaentre as estruturas metamórficas e as estruturas encontradas nos granitoidesencaixantes. (Phillip, 1998)Mineralogicamente,as rochas são compostas predominantemente por hornblenda e plagioclásio compresença de diopsídio, seus minerais acessório são esfeno, apatita, zircão eminerais opacos (Phillip, 1998). Há um aumento de deformação e retrometamorfismoassociado as zonas de cisalhamento dúcteis pela mudança da paragênese mineralmarcada pela aparição de clorita, mica branca, epidoto, carbonato e opacos.Essa paragênese indica a natureza básica do protólito e aponta um evento demetamorfismo regional da fácies anfibolito inferior a médio. (Phillip, 1998)

x

Hi!
I'm Morris!

Would you like to get a custom essay? How about receiving a customized one?

Check it out